segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Artigo Aprovado em Congresso Internacional sobre EaD

Prezados Amigos e Amigas
É com muita satisfação que compartilho essa notícia com vocês:
Tive um artigo aprovado em Congresso Internacional!
Maiores detalhes no Link
Um abraço
Prof. Gilson Ap. Castadelli
_____________________
Abaixo o resumo do mesmo
____________________
A IMPLANTAÇÃO DO ENSINO SEMIPRESENCIAL COM A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO: ESTUDO DE CASO EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

Ourinhos-SP – 04/2009


Gilson Aparecido Castadelli
Faculdades Integradas de Ourinhos – (FIO)Rod. BR153 Km339 + 400m – B. Água do Cateto– 19.900.000 – Ourinhos – SP – Brasil
gilsoncastadelli@fio.edu.br


Categoria: Métodos e Tecnologias

Setor Educacional: Educação Universitária

Natureza do Trabalho: Relatório de Pesquisa

Classe do Trabalho: Experiência Inovadora


RESUMO

O presente trabalho procurou observar e levantar parâmetros que demonstram como o ensino semipresencial pode contribuir de modo significativo para o processo de aprendizagem num ambiente acadêmico, tendo a metodologia de projetos como base de apoio metodológico para o desenvolvimento das atividades. Coerente com uma discussão teórica pertinente, os procedimentos metodológicos apoiaram-se numa amostra de vinte e cinco alunos do curso de Pedagogia da IES (Instituição de Ensino Superior) analisada, subsidiando a coleta de dados necessária por meio da resposta de questionários pertinentes e experimentação de situações problema. Os alunos se submeteram às atividades propostas pela disciplina de Midiologia, que foi trabalhada de modo semipresencial. A proposta iniciou-se com a análise do processo de potencialização dos saberes entre graduandos que se utilizavam de tecnologias de informação e comunicação aliadas à metodologia de projetos. Os resultados revelaram a viabilidade da utilização dessa modalidade de ensino partindo da aplicação ponderada da Tríade: Autonomia, Tecnologia Digital de Informação e Comunicação e o Ensino Semipresencial – aliada à metodologia da Problematização, baseada no método do Arco, de Charles Maguerez. Tal fato se comprova na constatação de um aumento da presença de pensamento crítico e reflexivo, e no aprimoramento do aprendizado dos alunos participantes do projeto. A autonomia de estudos fora estabelecida, o que antes era uma atitude reprodutivista por parte dos aprendentes tornou-se motivação para uma atitude colaborativa na construção de seus saberes.


Palavras-Chave: Autonomia; Ciberespaço; Ensino Semipresencial, Metodologia da Problematização; TI.

2 comentários:

Natália disse...

Parabéns pelas suas conquistas! que venham mais! Sucesso sempre!

..admito que.. quando crescer quero ser igual à você! hehe

Amb. disse...

Olá Professor, Parabéns por mais essa conquista!
Sou sua fã. =)
Meu blog está iniciado. Abraços.